sábado, 1 de maio de 2010

Exercitando a Fé

Um querido tio me enviou um texto de sua autoria, a fim de eu publicá-lo. Segue-o na íntegra: 

Porque vives lamentando do teu modo de viver, se a vida nos dá alegrias, nos dá tristezas, solidão e porque não, harmonia? Se estamos enfrentando dificuldades, ansiedade ou depressão...  só há um doutor para todos os males que é o Senhor Jesus Cristo, o Deus vivo e verdadeiro.   ELE sempre nos traz consolo, paz, conforto, revelando-nos seus segredos (grandes, estupendos, eternos e infinitos).  Não se desespere! Procure-o, pois o Senhor Jesus Cristo tudo nos dá.  ELE nos leva a contemplar as constelações celestes, o brilho do sol e leva nossos ouvidos a perceber os meios-tons suaves da sua voz, muitas vezes sufocadas pelo tumulto dos estridentes gritos da terra.  Não fiquemos eternamente no quarto fechado onde alguma enfermidade encobre de nós a luz e nos arrefece o ânimo de viver; o escuro de algum desapontamento ou tristeza esmagadora.
Muitas vezes o elemento mais triste do sofrimento é a sua aparente inutilidade. Não sejamos inúteis, tenhamos fé, porque na vida de fé não há atalho, e a fé é a condição vital para uma vida santa e vitoriosa.  Jesus disse: Levanta-te e sai para o vale, onde falarei contigo. (Ez. 3.22). O que ELE quer dizer com isso? Para que não nos acomodemos, lastimando-nos dos acontecimentos em nossas vidas.
Tenhamos fé, lutemos, sejamos úteis na vida, porque Deus nos tem dado privilégios ímpares os quais, muitas vezes deixamos de lado e, quando as provações nos cerca, aí sim as consequências nos trazem incertezas.  Nós não vemos, pois, Deus pode tirar-nos todos os confortos e privilégios, para fazer-nos crentes melhores.
Quando Deus põe um peso sobre nós, sempre põe seu braço debaixo... “a fim de crescer na graça precisamos estar muito a sós. Não é em grupo que a alma cresce mais vigorosamente. Muitas vezes, numa só hora quieta de oração ela faz maior progresso que em vários dias na companhia de outros. É no deserto que o orvalho é mais fresco e o ar mais puro.” (Andrew Bonar).
Deus é socorro bem presente na angústia; Ele nos dá tudo o que pedirmos. Basta procurá-lo de coração brando.
Nossa fé será mais fraca ou mais forte, exatamente na proporção em que crermos que Deus fará o que disse.
A fé descansa na Palavra de Deus.  Quando cremos na Sua palavra, o nosso coração descansa. As aflições alimentam a fé. Mas as aflições e dificuldades não são os únicos meios pelos os quais a fé é exercitada e alimentada.
Lendo as Escrituras e através dela podemos conhecer de perto a Deus, como Ele Se revelou na Sua palavra.  E quanto mais nos aproximarmos desta realidade, mais prontos estamos a descansar em Suas mãos, satisfeitos com tudo o que ele nos reserva.  E quando vier a aflição, diremos: “Eu vou esperar para ver qual a bênção que Deus trará por meio dela, pois sei que Ele vai fazer.”
Assim daremos um testemunho digno diante do mundo e isso servirá para fortalecer a fé de outras pessoas.
Autor - Elias Domingos do Amaral (amara-led@hotmail.com)

Um comentário:

  1. Diogo Ferreira Amaral4 de maio de 2010 14:43

    Romanos
    1:17 Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé.

    ResponderExcluir